[Artigo] Conto através da psicologia analítica de Jung

Publicado por IDE Cursos em 25 de julho de 2018
Categorias:
[Artigo] Conto através da psicologia analítica de Jung

Contos, fábulas e mitos, independente de sua época de criação, possuem expressões simbólicas referente ao inconsciente coletivo humano através de seus personagens, atos e outros componentes. A linguagem, o cenário e a construção da história têm o intuito de passar uma mensagem.

Ao analisar o conto O cavaleiro preso na armadura, de Robert Fisher, Kátia de Carvalho questiona o processo de individuação. Um conceito que é abordado na psicologia analítica de Jung.

Este conto em questão se resume em um cavaleiro que usava sempre sua armadura lustrosa, com o dever de lutar em batalhas e defender sua honra. Mas era reconhecido apenas pela sua armadura. É ao longo da história que Kátia analisa os elementos que a compõe na busca do ser humano em se mostrar quem ele realmente é.

Saiba mais em Análise do conto “O cavaleiro preso na armadura”, sob perspectiva do conceito do Processo de Individuação. Artigo científico de Kátia Maria Diniz de Carvalho, pós-graduada em Psicologia Junguiana com enfoque na prática clínica pelo IDE.

RESUMO

O presente artigo analisa o conceito do processo de individuação através do conto intitulado “O cavaleiro preso na armadura”. Serão abordados diversos escritos de Jung, assim como de autores contemporâneos do mesmo e pós-junguianos, que fundamentam os princípios da psicologia analítica, criada por Jung. O conto, que é dividido em capítulos, proporciona um estudo criativo e ilustrativo dos conceitos teóricos do processo de individuação, tais como ego [eu], persona, sombra, self [si-mesmo] e relação egoself.

Você pode conferir este artigo na íntegra clicando no banner abaixo:

 

Posts relacionados