6 livros de educação física que todo profissional da área deveria ler

Publicado por IDE CURSOS em 22 de setembro de 2017
Categorias:
6 livros de educação física que todo profissional da área deveria ler

Ainda que passemos pelas melhores faculdades, pós-graduações e outros cursos técnicos, sempre haverá o que aprender. O conhecimento é uma porta para o infinito e sempre estará aberta para aqueles que têm interesse. Para você, profissional que se dedica a cuidar da saúde do corpo, os livros de educação física são uma dessas portas do conhecimento.

A internet revolucionou os métodos de aprendizado e muitos disseram que os livros estariam extintos com o advento da rede mundial de computadores. No entanto, essa afirmação se mostrou errada. A internet não extinguiu os livros, ela facilitou o alcance das obras literárias à população.

Neste artigo apresentaremos 6 livros que todo profissional de educação física — ou pessoa interessada em se aprofundar no assunto — deveria ler. Confira!

1. “Métodos de Pesquisa em Atividade Física”

Dos autores Jerry R. Thomas, Nelson K. Jack e Stephen J. Silverman, o livro está na sua quinta edição e foi traduzido, revisado e ampliado.

“Métodos de Pesquisa em Atividade Física” é uma obra que tem o intuito de auxiliar o leitor no entendimento da essência da pesquisa. A partir de uma leitura mais aprofundada, é possível apreciar as análises estatísticas sobre estudos e pesquisas apresentados no livro.

A obra ainda ensina como reunir os componentes de um processo de pesquisa e como colocá-los em formatos indicados para divulgação em público — o que o torna um livro importantíssimo para estudantes e instrutores da área de educação física.

2. “Manual do Personal Trainer: Um Guia para o Condicionamento Físico Completo”

Livro de Douglas Brooks, um dos mais renomados e requisitados personal trainer dos Estados Unidos. Na obra, Brooks decide dividir com o leitor toda a sua experiência sobre treinamentos orientados para resultados ideais.

O Manual do Personal Trainer é o livro indicado não apenas para os profissionais da área de educação física, mas para todas as pessoas que praticam esportes visando um melhor condicionamento físico.

Sem prometer nenhuma solução milagrosa, Douglas Brooks dosa bem o livro apresentando técnicas comprovadamente eficazes, semelhantes àquelas que ele próprio recomenda para os seus alunos. Entre os principais focos do livro estão:

  • aumento dos ganhos resultantes dos exercícios físicos;
  • perda de peso;
  • ganho de massa muscular;
  • ganho de resistência;
  • aumento da motivação;
  • incentivo à prática de variados treinamentos esportivos.

3. “Fundamentos do Treinamento de Força Muscular”

Este livro é uma versão atualizada da obra dos autores William J. Kraemer e Steven J. Fleck. Além de escritores, eles são dois dos nomes mais conceituados mundialmente quando o assunto é treinamento de força.

O conhecimento passado por Kraemer e Fleck tem como base dados científicos sobre o desenvolvimento de programas para treinamentos especializados. Ou seja, o fundamento teórico de ambos valida ainda mais a prática dos exercícios.

No livro, os leitores poderão entender melhor sobre treinamento de força, bioenergética e as adaptações dos sistemas cardiovascular, nervoso e muscular — eles também poderão acompanhar discussões sobre os sistemas básicos de treinamento físico.

O livro “Fundamentos do Treinamento de Força Muscular” ajudará os profissionais a desenvolver:

  1. programas individuais para treinamento de força.
  2. modificações e adaptações de programas para pessoas com necessidades especiais.
  3. exercícios em grupo para ganho de força.

No geral, este livro é indicado para professores, treinadores e estudantes que desejam desenvolver conhecimento com base científica para elaborar projetos para treinos de força.

4. “Periodização: Teoria e Metodologia do Treinamento”

O livro é da autoria de Tudor O. Bompa e traz as pesquisas mais recentes sobre as práticas referentes à teoria do treinamento físico. Esta obra é tão requisitada que foi traduzida para onze diferentes línguas.

Os ensinamentos trazidos por Tudor ganharam tanta importância no mundo da educação física que o seu livro é visto como a referência definitiva sobre o assunto. Esse “título” não é à toa: a riqueza de detalhes é impressionante. O leitor consegue sentir a preocupação do autor em se fazer entender em cada assunto apresentado no livro.

A obra é indicada para todos: alunos, professores, instrutores e todos os amantes da área de educação física. Ele é um guia completo, pois oferece uma visão crítica e, ao mesmo tempo, uma linguagem acessível e de fácil entendimento aos leitores.

5. “Educação Como Prática Corporal”

Desenvolvido pelos autores brasileiros João Batista Freire e Alcides José Scaglia, este livro traz — sob fundamentos teóricos — a importância da prática corporal para o desempenho dos alunos em sala de aula.

O objetivo dos autores é dar destaque à educação física em relação à sua participação no ensino e no processo de aprendizagem dos estudantes. Por meio de estudos e pesquisas, o livro apresenta justificativas da importância da educação física como parte do currículo escolar.

Além disso, os autores apresentam uma lista de exercícios voltados para as aulas de educação física e auxilia os professores a desenvolver planejamentos de aula mais eficientes. Por isso, a obra “Educação Como Prática Corporal” é ideal para professores e educadores da área.

6. “Esporte de Rendimento e Esporte na Escola”

O livro de Marcos Paulo Stigger e Hugo Lovisolo é mais uma obra que reforça a importância da educação física para o aprendizado dos alunos em sala de aula.

Nele, os autores debatem e frisam os benefícios que o esporte pode trazer para o corpo humano e, principalmente, o valor que a prática traz para a formação social e educacional para crianças e jovens.

Sempre acentuando o privilégio de se ter a educação física no currículo escolar, o livro é indicado principalmente para professores e profissionais que lecionam na área.

Esses foram apenas seis de vários livros de educação física indicados para os profissionais da área. Ainda que você seja um profissional preparado, é importante estar aberto a novas ideias e conceitos que surgem todos os dias.

Manter-se atualizado é fundamental para garantir os melhores resultados pessoais e para as pessoas que você orienta. Por isso, ler livros, participar de cursos, fazer pós-graduações e especializações é fundamental para ser um profissional bem-sucedido e respeitado no mercado.

Achou este artigo interessante? Conhece alguém que se interessaria por essas informações? Compartilhe este post nas suas redes sociais e espalhe o conhecimento!

Posts relacionados